Trabalhos – Dependência Emocional e Dependência Química: Uma nova Possibilidade Rumo à Independência através da Psicoterapia

 RESUMO

 

A proposta deste trabalho é buscar, na teoria psicanalítica, elementos que sustentem o entendimento acerca da dependência química e sua relação com questões primitivas do desenvolvimento humano. Entender a busca da droga com meio para preencher lacunas de personalidade, um caminho que livra o indivíduo da elaboração de conflitos e de uma implicação como sujeito. A autora destaca a importância fundamental dos vínculos iniciais, e a qualidade da relação mãe/bebê nesse processo. Para a elaboração do trabalho, recorre-se aos seguintes autores: Freud,Winnicott, Bion, Zimerman,  dentre outros.

 

Palavras-chave: dependência química; vínculo; desamparo; vazio.

 

Débora Ferreira Goulart
Psicóloga. Especialista Clínica – IPSI